Marília Mendonça deixou inéditas com Dulce Maria, Ludmilla e outros

O acidente aéreo que tirou a vida de Marília Mendonça interrompeu uma carreira no auge. Além de dezenas de sucessos que os brasileiros aprenderam a cantar de cor, a cantora deixou músicas inéditas, boa parte, em parcerias com outros artistas.

O Patroas, com Maiara e Maraísa, é um dos projetos que a ter músicas ainda não lançadas, na voz de Marília. Ela também cantaria pela primeira vez em espanhol com Dulce Maria, em uma canção prevista para ser lançada ainda este ano. A sertaneja também gravou um pagode com Ludmilla, para a próxima parte do Numanice, disco de pagode da funkeira.

Lucas Lucco é outro artista que lançaria um feat com Marília Mendonça. “A gente tava pra lançar um dueto junto no meu novo DVD que a gente acreditava muito. E sempre falamos que iria ser um tremendo sucesso”, tuitou o cantor.

“Essa música foi escrita por mim e mais dois amigos especialmente para nós cantarmos. Depois de pronta liguei pelo Facetime e ela ouviu. Amou muito, já ficamos imaginando ela pronta. Fiquei tão feliz…”

Adeus à Rainha do Feminejo

Marília Mendonça é uma das cinco vítimas fatais do acidente aéreo ocorrido nesta tarde, em Caratinga, Minas Gerais. Aos 26 anos ela era, atualmente, uma das maiores artistas do Brasil – responsável por fazer o feminejo, a música sertaneja cantada por mulheres, se popularizar no pais. A história da cantora começou quando ela tinha 12 anos, no papel de compositora.

Os corpos de Marília Mendonça e do tio Abicieli Silveira Dias Filho, que também morreu na tragédia, foram velados nesta tarde. Ao longo do dia milhares de fãs da cantora compareceram ao ginásio Goiânia Arena para se despedir.

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos.

 Da redação com o Metrópoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *