Casagrande sobre Maurício Souza: “Homofóbico, covarde e mau-caráter”

O comentarista Walter Casagrande fez duras críticas ao jogador de vôlei Maurício Souza, afastado após publicar comentários homofóbicos em suas redes sociais, durante a edição desta quarta-feira (27/10) do programa Seleção SporTV.

Durante sua fala, Casagrande condenou o comentário do jogador do Minas. O ex-jogador afirmou que Maurício é “covarde, homofóbico e mau-caráter”.

Casagrande ainda relembrou que já havia reprovado uma outra atitude do central do Minas, após o atleta publicar o trecho de uma entrevista do comentarista fora de contexto.

“O Maurício Souza, há uns três meses, recuperou esse vídeo e postou nas redes sociais dele. Ele colocou esse vídeo editado, mentiroso, falso, que o Jair Bolsonaro editou, nas redes sociais dele. Então, eu não me surpreendo, porque esse cara é homofóbico, é um cara que foi mau caráter comigo.

Parabéns a todos os atletas que se posicionaram. Esse cara, Mauricio Souza, é um homofóbico, preconceituoso, possivelmente racista, covarde e mau caráter”, elencou.

Além do comentarista, Maurício ainda foi criticado pelo apresentador do Seleção SporTV, o jornalista André Rizek, que declarou que o novo personagem do Super-Homem “combate fanáticos homofóbicos”. Além da publicação nas redes sociais, Rizek reforçou o comunicado durante o programa ao vivo.

Maurício foi afastado do Minas, clube pelo qual jogava, após fazer um comentário homofóbico sobre o novo personagem dos quadrinhos do Super-Homem, que segundo a DC, se descobrirá bissexual durante a trama. O central foi afastado após um patrocinador da equipe cobrar do time no qual ele joga “medidas cabíveis”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *