Urgente: líder do PP reapresenta quarentena eleitoral de juízes e procuradores

Cacá Leão, líder do PP, não desistiu da quarentena eleitoral para juízes e procuradores. Neste momento, ele está recolhendo assinaturas para apresentar na votação do Código Eleitoral uma emenda aglutinativa que restabelece a proposta derrubada na semana passada.

A votação dos destaques deve começar daqui a pouco.

O texto do deputado, obtido em primeira mão por O Antagonista, avança em relação ao de Margarete Coelho, estabelecendo a inelegibilidade de magistrados e membros do Ministério Público “que não tenham se afastado definitivamente de seus cargos e funções até 5 anos anteriores ao pleito”.

Cacá faz questão de ressaltar que “as condições de elegibilidade e causas de inelegibilidade devem ser aferidas no momento de formalização do registro de candidatura”, seguindo o mesmo entendimento adotado pelo TSE para impedir candidaturas de fichas-sujas.

Para evitar resistência do governo e obter o apoio da bancada da bala, Cacá não incluiu policiais no texto.

Mais cedo, em entrevista a este site, Margarete disse que a quarentena havia sido derrubada “no voto”, sem qualquer acordo que garantisse a reapresentação do projeto por outras vias. A deputada é colega de legenda de Cacá.

Da redação com o Antagonista 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *