Bolsonaro diz que maioria dos caminhoneiros deve suspender protestos até domingo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (09/09) que os caminhoneiros deverão suspender os protestos e liberar rodovias até domingo. A declaração ocorreu durante transmissão de live pelas redes sociais.

“Estive hoje à tarde com 12 pessoas. A maioria, caminhoneiros. Vieram falar ‘o que fazer’. Eu falei: “Olha, vocês já fizeram uma coisa fantástica: ajudar nesse movimento”. Falaram que iam manter o movimento até domingo. É um direito deles e vão suspender até domingo. Essa é ideia de muitos deles. Não influencio nessa área”.

Segundo o chefe do Executivo, no encontro, repassou aos profissionais o cenário econômico do país. “Fui bem claro, se passar de domingo, segunda, terça a gente começa a ter problema seríssimo de abastecimento. Influencia na economia, aumenta a inflação e os problemas se voltam contra nós, contra eles que fizeram o movimento e eu contra eu também por ser chefe de Estado”, alegou.

Bolsonaro acrescentou que a categoria já passou um “recado enorme” aos poderes de respeito à Constituição.

“Não vou influenciar na vida deles. Foi fantástico o que fizeram por livre e espontânea vontade, gastando dinheiro do próprio bolso, se movimentaram pelo Brasil, deram um recado enorme para nós, para todos os poderes. E qual recado que deram: que devemos respeitar a Constituição, só isso”.

Por conta das críticas que tem recebido por parte dos próprios bolsonaristas, acenou que continua do lado do povo. “Fiz uma nota à tarde, muita gente me criticou, que tinha que fazer isso, aquilo. Pessoal, eu sou chefe da nação. Estou com vocês. Estou com o povo. Para mim é muito mais fácil ficar dentro do Alvorada, cuidar da minha vida, abandonar o povo. Porque é comum, infelizmente, muitos políticos agirem dessa maneira”, concluiu.

 Da redação com o Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *