Documento do Ministério da Economia desmente Fake News e comprova a seriedade do governo de Mato Grosso

Por João Pedro Marques

Diante da repercussão do fato do Ministério da Economia ter confirmado oficialmente que o Governo de Mato Grosso não recebeu a quantia de R$ 15 bilhões, em repasses do Governo Federal no ano de 2020, decidimos iludidas os fatos para divulgar a verdade sobre a questão que colocou o governo de Mato Grosso vulnerável às denúncias sem procedências e consideradas como Fake News .

Conforme o documento que foi emitido pela Secretaria do Tesouro Nacional,-(atendendo ofício do senado,assinado pelo senador Carlos Fávaro-(PSD-MT))-demonstrando o que de fato foi realizado através transferências obrigatórias, ou seja, aquelas em que estão previstas na constituição federal ou na legislação,que regulam as relações inter-governamentais entre União Estados e Municípios;o Governo de Mato Grosso recebeu a quantia de R$ 4,695 bilhões.

Nesse valor estão incluídos os repasses para Educação, pelo Fundeb do Estado (R$1,694 bi), o auxílio do FEX (R$ 420 milhões) e a quantia de R$ 1,4 bilhão para auxiliar os estados com a perda da arrecadação, em decorrência da pandemia, entre outros repasses.

“O documento confirma que é necessário parar com as fake News, com as mentiras. Perdemos muito tempo para restabelecer verdades. Cadê os outros 10 ou 15 bilhões que mentiram que o governo de Mato Grosso havia recebido? Essa tentativa de denegrir um governo, que tanto tem trabalhado para salvar vidas em um momento de pandemia, é de uma irresponsabilidade imensa”, afirmou o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho.

Como vocês podem ver nos documentos acima,percebe-se que o governo de Mato Grosso mostra a verdade sem agredir os membros do governo federal e muito menos o presidente da república;Jair Messias Bolsonaro,como determinado deputado federal que na ânsia de ser apoiado para as suas legítimas ou inlegitimas ambições nas eleições de 22;poderia o tal deputado pleitear o cargo que quiser;mas,sem precisar fazer essas intriguinhas do governo de Mato Grosso nas redes sociais,que são provocadas pelo tal deputado só para”mostrar serviço”ao senhor presidente da república;não importando-se que isso possa vir prejudicar ao próprio estado, para quem o povo mato-grossense o elegeu,como representante no parlamento brasileiro.

A sorte de Mato Grosso que o presidente não é desinformado e por isso mesmo, com toda a certeza,teem outros canais de informações para saber que o governo de Mato Grosso não é daqueles que dá tapinhas na presença …O trai pelas costas,costurando e estimulando um novo candidato contra o próprio presidente Bolsonaro;ou seja;é mais um”mui-amigo” traira,que vive agindo pelas costas do presidente da república. O que esperar de um cidadão que procede assim?concluiu o secretário.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *