Fausto Silva acerta com a Band e assina contrato na semana que vem

Desde o final de janeiro passado, no instante em que anunciou o seu desejo de não renovar com a TV Globo, começaram as especulações em torno de qual seria o próximo destino de Fausto Silva.

Na ocasião, em conversa com a coluna, ele chegou a afirmar que não tinha nada acertado com ninguém: “afinal, serão quase 33 anos de casa, com muitas conquistas, prêmios e o reconhecimento de um trabalho muito bem feito. Vamos esperar o momento certo”.

E este “momento certo” foi construído no decorrer dos últimos meses.

As conversas com os irmãos Saad, Johnny e Ricardo, velhos amigos, tornaram-se ainda mais frequentes nos últimos dias, até se acertar, aos poucos, o seu retorno à antiga casa.

Aliás, tudo o que aconteceu no passado, está se repetindo agora e com a mesma elegância: “seis meses antes de assinar com a Globo, avisei a Band, aos dois diretamente, Johnny e Ricardo, da minha saída. Agora a mesma coisa. Cumpro meu contrato até dezembro e vou estrear meu novo programa em janeiro ou fevereiro”.

Alguns detalhes ainda serão conversados a partir de agora.

Entre os principais, se será um programa semanal, aos domingos, como sempre foi, mas a partir das 20 horas. Até um “Perdidos na Noite”, versão 2022  se for o caso. Ou um diário, talk-show, de segunda a sexta, na faixa das 23h30.

“sobre isso ainda estamos conversando. Vamos ver o que vai ser melhor, nos diversos aspectos”.

No mais, já foi tudo conversado e ajustado. O contrato será assinado na próxima semana, com duração de cinco anos, valendo a partir de 1º de janeiro de 2022.

Um dos principais e mais versáteis comunicadores do País, campeão de audiência e prestígio nas tardes de domingo, Fausto Silva trabalha na Globo desde 1989 e, após 33 anos de casa, começa a se preparar para este novo desafio.

A Band, nesses últimos tempos, tem feito investimentos na sua programação. Adquiriu direitos de futebol internacional, a Stock Car, surpreendeu o mercado com a Fórmula 1, e neste momento atrai um peso pesado da TV, na figura do Faustão.

Num ano em que a pandemia trouxe tantas notícias ruins para o mercado, os diversos feitos e a contratação de um profissional com tamanha história devem ser comemorados.

Como se sabe, o apresentador recusou uma proposta da Globo para trocar de horário ou migrar dos domingos para as noites de quinta-feira.

Decidiu não renovar, preferindo cumprir seu contrato até o final deste ano. O último programa, no dia 26 de dezembro, será a entrega do Troféu Mário Lago para Alcione, Zeca Pagodinho, Paulinho da Viola e Martinho da Vila, grandes expressões da MPB, com a presença também de Ivete Sangalo, que recebeu o prêmio no ano passado.

Antes, o programa ainda terá a “Superdança dos Famosos”, com os vencedores e melhores colocados de todas as edições, que serão anunciados já a partir deste finbal de semana, e o “Show dos Famosos”, com as participações de Cleo, Alexandre Pires e do padre Fábio de Mello.

A Globo soube respeitar a decisão de Fausto Silva, de acordo com comunicado distribuído em janeiro:

“Nestes mais de 30 anos de parceria, a TV Globo e o apresentador Fausto Silva sempre conversaram sobre novas oportunidades e inovações. Foi assim também nas últimas semanas, quando teve início o último ano do atual contrato. Mas, diante da decisão do apresentador de encerrar sua jornada à frente de programas semanais, só cabe à TV Globo respeitar e aplaudir a história que ele construiu.
Fausto Silva é um dos maiores comunicadores da televisão brasileira e a Globo tem enorme orgulho dos 32 anos de parceria com ele no Domingão do Faustão. Para honrar esta história de sucesso, a Globo está determinada a fazer em 2021 a melhor temporada de todos os tempos do programa, com edições sensacionais do Dança dos Famosos e do Show dos Famosos…”.

Fausto, no mesmo período, também se pronunciou:
“Gostaria de deixar aqui registrada a minha gratidão à Globo, onde aprendi muito e com a qual tive a honra de viver nos últimos 32 anos uma parceria de respeito e sucesso. Repito aqui o que sempre disse no ar: a Globo é uma empresa quase perfeita!”.

História na Globo

Fausto e o Domingão estrearam na Globo em 1989, mas o comunicador já causava com o senso de humor e irreverência que eram marcas registradas de programas como “Perdidos na Noite” (1984-1988), que passou por Gazeta e Record até chegar na Bandeirantes. Lá, ele conquistou uma segunda atração, o “Safenados e Safadinhos”(1988). Seus bordões como “ô loco meu” e “quem sabe faz ao vivo” estão na boca do povo.
Fausto se tornou uma referência nas tardes de domingo ao barrar o crescimento de audiência do “Programa Silvio Santos” e se firmar como líder no horário.

Como tantos outros nomes da TV, ele iniciou sua carreira no rádio.
Primeiro como repórter da rádio Centenário de Araras, no interior de São Paulo. Logo depois, mudou-se para Campinas e trabalhou durante cinco anos na Rádio Cultura.
Em 1970, foi contratado pela Rádio Record, na capital paulista, para apresentar o jornal da noite, do qual era também redator, e se iniciou no mundo do esporte, passando a trabalhar como repórter de campo na Jovem Pan.
Além do rádio, também se dedicou ao jornalismo, tendo sido contratado pelo jornal O Estado de São  Paulo, como repórter esportivo.
Nessa função foi levado para a Rádio Globo em 1977, convidado por Osmar Santos.
Por meio do então diretor da Rádio Globo, Francisco Paes de Barros, e do chefe da equipe de esportes Edison Scatamachia, um horário foi conseguido na Rádio Excelsior para Osmar Santos, e Fausto participava do programa como repórter ou assumindo a apresentação.
Em 1983, com o maior envolvimento de Osmar Santos em projetos em televisão e a ida de Juarez Soares para a Band, Fausto se torna apresentador do “Balancê”.

Já em janeiro de 1984, Goulart de Andrade visitou o “Balancê” e propôs a Fausto e toda a equipe a passagem do programa para a TV. Em março desse ano, foi ao ar pela TV Gazeta o “Perdidos na Noite”. Em setembro, o programa passou para a Record, e, em pouco tempo, se desvinculou de Goulart de Andrade para assumir uma direção própria.

Em 1986, o “Perdidos na Noite” passou a ser transmitido pela Band para todo o Brasil, sendo que antes era só transmitido para São Paulo. Na mesma casa, Fausto chegou a apresentar o programa Safenados e Safadinhos.

Em 26 de março de 1989 estreou na Rede Globo o “Domingão do Faustão”, que se despede em dezembro deste ano.

Da redação com o R7.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *