Dupla é presa no DF por fabricar “cookies de maconha” e revender na internet

Agentes da 4ª Delegacia de Polícia (Guará) prenderam, ontem (29/4), dois jovens, de 26 e 21 anos, por crime de tráfico de drogas. Segundo as investigações, a dupla produzia biscoitos “gourmets” com os entorpecentes e vendiam na Universidade de Brasília (UnB).

Outra parte da droga era comercializada na QE 40 do Guará 2. As investigações indicam que a venda na região ocorria desde setembro. O jovem de 26 anos ficava responsável por comprar a maconha de fornecedores de Ceilândia e transportá-la, passando-se por motorista de transporte por aplicativo, a uma suspeita conhecida como Carioca. Ela revendia os “cookies de maconha” em uma loja virtual.

Na casa dela, a polícia encontrou dezenas de porções de maconha, uma estufa de armazenamento e cultivo da droga, além de três balanças de precisão e biscoitos de vários sabores feitos com a droga.

A polícia apreendeu, ainda, um notebook e celulares usados para combinar a negociação dos produtos. Um carro Up branco, usado pelo primeiro suspeito para entregar as encomendas, também foi levado pelos agentes. Os acusados foram indiciados pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico. As penas variam de 5 a 15 anos e de 3 a 10 anos, respectivamente.

Da redação com o Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *