Governo de MT investiu R$ 371,6 milhões em recursos próprios para combater covid-19

De março de 2020 até o momento, o Governo de Mato Grosso já investiu R$ 371,6 milhões em recursos próprios para combater a Covid-19. De acordo com relatório técnico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), outros R$ 270 milhões recebidos do Governo Federal também foram integralmente aplicados nas ações contra a pandemia, totalizando R$ 642,2 milhões em investimentos.

“Temos feito todo o esforço possível para estruturar o nosso sistema de saúde. Só em UTIs, foram abertas 608 em um ano, muitas em parceria com prefeituras, e todas cofinanciadas pelo Estado. Fizemos aquisições de equipamentos, EPI’s e nos preparamos bem para que não faltasse nada nos hospitais administrados pelo Governo. Somos também o segundo estado do país que mais testa a população, graças à compra massiva de testes que fizemos e fornecemos aos municípios”, afirmou o governador Mauro Mendes.

Do valor total, foram investidos R$ 400,7 milhões com contratações e despesas nacionais, a exemplo de serviços médicos (R$ 244 milhões), aquisição de equipamentos (R$ 38,7 milhões), serviços hospitalares (R$ 19,9 milhões), além de despesas com exames, medicamentos, insumos, ambulâncias, mobiliário e testes.

Leia Também:  Retorna à Câmara projeto do Marco Legal das Startups

Mais R$ 35,7 milhões foram usados para aquisições fora do país, como a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), testes, equipamentos e serviços de importação.

Também houve investimento de R$ 34,2 milhões para estruturar e ampliar a rede hospitalar estadual, sendo R$ 20,6 milhões ao Hospital Metropolitano de Várzea Grande; R$ 3,4 milhões para a rede de frios; R$ 5,2 milhões para o Hospital Regional de Colíder e R$ 5 milhões para a ampliação no Regional de Cáceres.

Outro foco da gestão foi a abertura e custeio dos leitos de UTI, em parceria com as prefeituras, espalhados por todas as regiões de Mato Grosso. Foi repassado um total de R$ 89,6 milhões para os municípios realizarem a manutenção dos leitos, que custam em média R$ 2 mil por dia, cada leito. Mais R$ 5,7 milhões foram destinados a auxiliar os municípios no custeio dos centros de atendimento e de triagem.

Ainda foram destinados R$ 76,1 milhões para as despesas com pessoal, englobando os profissionais de saúde de todos os hospitais estaduais, e de unidades como o Centro de Triagem Covid-19 e o Laboratório Central, bem como o pagamento do adicional aos profissionais da linha de frente.

Leia Também:  Emanuel lamenta morte de sua prima Miriam Pinheiro, vítima da Covid-19

Confira os investimentos feitos até o momento:

Fonte: GOV MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *