PCDF investiga falsa venda de ingressos para Copa América 2019

 

O dono da Mercedes-Benz que arrastou uma vendedora de 63 anos, ao tentar fugir com três balões, em Taguatinga, já foi identificado pela Polícia Civil do Distrito Federal. No entanto, ele não se apresentou ao delegado responsável pelo caso.

‘Minha cabeça ficou entre as rodas’, diz vendedora de balões
Segundo o delegado Paulo Henrique Alves de Almeida, o advogado do suspeito esteve na 16ª DP nesta segunda-feira (17) e disse que o cliente irá se apresentar na terça (18). Almeida não confirmou se era o dono do veículo que estava ao volante, mas explicou que trabalha com a hipótese de até três crimes:

  • Lesão corporal de trânsito
    Lesão corporal com a intensão de praticar um crime
    Tentativa de homicídio
    A passageira que estava no carro deve responder como co-autora.

Carro de R$ 222 mil e balões de R$ 10

O dono do carro mora em Taguatinga e, segundo a polícia, comprou a Mercedez-Benz no final de 2018 e pagou R$ 222 mil pelo veículo. De acordo com o Detran-DF, em maio passado, o motorista levou duas multas por estacionamento irregular.

Na noite de sábado (15), a vendedora de balões Marina Izidoro de Morais, de 63 anos, estava próximo a uma festa junina, na região, quando a Mercedes-Benz encostou e o motorista perguntou quanto custava cada balão. Ela respondeu que vendia cada um por R$10.

O homem teria achado caro e propôs levar três balões por R$ 20. Marina contou que explicou ao motorista que não poderia entregar um balão de graça.

Da Redação, com informações do G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *