OPINIÃO DO DIA: Bolsonaro e Moro surpreendem com nova articulação política

Atenção! Em conversa com fontes procedentes dos bastidores palacianos e de lideranças políticas de Brasília, são fortes os comentários dando conta de que o presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Justiça, Sérgio Moro, estão aprendendo a jogar o jogo duro do Congresso Nacional.
Recentemente, por meio de uma manobra inteligente, eles entregaram, teoricamente, o Coaf – Conselho de Controle de Atividades Financeiras – para a Câmara dos Deputados.

O governo correu contra o relógio, já que a validade da organização dos ministérios expiraria na segunda-feira (3). Bolsonaro se viu obrigado a arregaçar as mangas. Com uma carta de socorro enviada ao Congresso e uma manobra do líder do governo na casa, o Senado carimbou a retirada do órgão de controle das mãos do ministro oriundo da Lava Jato.

Mas, de acordo com as fontes de dentro do Palácio do Planalto, na prática o Coaf será tocado por uma equipe bipartite, ou seja, pelos Ministérios da Economia e da Justiça. A previsão do governo é de que até o final do ano, ou no máximo, no inicio de 2020, será criada uma Agência de Controle de Operações Financeiras, bem mais ampla e totalmente independente e melhor que o Coaf.

A jogada é de mestre. A nossa fonte palaciana recomenda a todos a ficarem atentos e acompanharem a reação dos críticos de plantão e que só dizem que o governo Bolsonaro não está sabendo fazer política.

É só questão de tempo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *