Valparaíso será uma das cidades mais afetadas com mudança do Mais Médicos

A recente decisão do governo de Cuba de retirar os médicos que atuam no Brasil desde 2013 pelo programa Mais Médicos pode afetar a aplicação dos serviços à população mais carente, em especial, nos municípios mais afastados (dos grandes centros) ou menores. Uma das cidades mais afetadas será Valparaíso de Goiás, localizada no entorno do Distrito Federal, e que, em 2016, chegou a ser o terceiro município do estado com o maior número de estrangeiros pelo programa. Hoje, conta com 12 deles.

O ex-secretário de saúde de Valparaíso de Goiás, que ocupou a pasta de 2013 a 2016, Walter Mattos, explica que o município foi um dos primeiros a aderir ao programa e, ao longo dos anos, foi aumentando o número de médicos estrangeiros. “Nós iniciamos com três e encerramos 2016 com 26 estrangeiros de um total de 32 médicos no município”, contou. Atualmente a cidade goiana conta com 12 estrangeiros — todos cubanos — cedidos pelo programa.

Por Correio Braziliense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *