Pontos turísticos do DF ficam cheios no Dia das Crianças

Em meio à pandemia, passeios ao ar livre como Torre de TV, Zoológico e Parque da Cidade atraíram as famílias brasilienses. Torre de TV e Zoo registram filas

Por Jéssica Moura, do Correio Braziliense

Com as opções de lazer reduzidas em razão da pandemia do novo coronavírus, as famílias brasilienses apostaram em atividades ao ar livre na tentativa de garantir o distanciamento social e divertir a garotada neste Dia das Crianças (12/10).

Ela diz que esperava que o parquinho estivesse cheio. Nos brinquedos, foi difícil manter o distanciamento e algumas pessoas não usavam máscaras. “Claro que corre um risco, mas não deixamos de vir. Dá um pouco de receio”, pondera Julia.

Outra atração procurada foi o Zoológico de Brasília. A instituição anunciou, na semana passada, a venda antecipada de ingressos para o feriado, com o intuito de evitar aglomerações. Mesmo assim, a fila de carros para entrar no local era extensa, e as pessoas acumularam-se na entrada. Ao todo, 1,5 mil ingressos foram colocados à venda, o que corresponde a 40% da capacidade do local. Segundo o superintendente de educação e uso público do zoológico, Alberto Gomes de Brito, dispersores de álcool foram instalados no Zoo e há o controle da entrada dos banheiros.
“É um público pequeno perto daquilo que a gente costuma receber nos finais de semana, é uma coisa tradicional, é uma instituição muito democrática que é muito procurada, muito querida pela população”, explica o superintendente.

O professor Rodrigo Duarte, 36, é carioca e está em Brasília a trabalho há dois meses. A esposa, Sirlene Perrut, 35, e os dois filhos — Isabelle, 6, e Davi, 7 — vieram à cidade visitá-lo no feriado. “A viagem para ver o papai” foi o presente escolhido, contou Davi.

“A gente está rodando em Brasília. Tudo que a gente pode, sempre com álcool em gel no bolso”, completou Rodrigo. Ele relata que chegaram a esperar mais de uma hora na fila para conseguir entrar no Jardim Zoológico.

Outra atração que ficou cheia, na manhã desta segunda, foi a Torre de TV e chegou a se formar uma fila no térreo para subir ao mirante. O local foi reaberto ao público no início deste mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *