Arquivos desclassificados do FBI revelam existência de ‘alienígenas gigantes’, aponta mídia

Documentos vazados na Internet sugerem que uma situação grave pode ocorrer a qualquer momento envolvendo “discos voadores”, que poderiam destruir qualquer nave de construção humana.

O FBI desclassificou documentos que se referem a discos voadores e “seres multidimensionais”, de acordo com um relatório de cerca 70 páginas escrito por um professor anônimo. O documento vazou recentemente na Internet de backup on-line do FBI.

De acordo com o tabloide britânico Daily Star, os arquivos, referidos por ufólogos como Memorando 6751, expõem encontros alienígenas que remontam a 1947, mencionando discos extraterrestes com raios e outros projetos alienígenas.

“Uma situação muito grave pode surgir a qualquer momento no que diz respeito a discos voadores. Se um destes [discos voadores] fosse atacado, o avião atacante seria quase certamente destruído”, diz relatório, acrescentando que isso pode criar nas pessoas um estado de “quase pânico”, além de desconfiança internacional.

O professor desconhecido, que escreveu o relatório, descreve os “discos voadores” e a forma como eles operam.

“Parte dos discos transporta tripulações, e outras [partes] são controladas remotamente.” Os documentos afirmam que a missão “de alienígenas” é pacífica, mas possui capacidade suficiente para lidar com o armamento humano.

O relatório sugere que os visitantes “são semelhantes aos humanos, mas muito maiores em tamanho”. Os visitantes viajam em discos que possuem “um tipo de energia radiante, ou raio, que facilmente desintegrará qualquer nave atacante”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *