Polícia busca responsáveis por incêndios no Pantanal

 

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (14.09) uma operação em busca de incendiários do Pantanal em Mato Grosso do Sul.

A Operação Matáá busca os responsáveis pelas queimadas em áreas de preservação no Pantanal de Mato Grosso do Sul, que devastam a flora e a fauna do bioma.

São 10 mandados de busca e apreensão determinados pela 1ª Vara Federal de Corumbá.

Os crimes investigados são de dano a floresta de preservação permanente, dano direto e indireto a unidades de conservação, incêndio e poluição.

Já no estado de Mato Grosso, a Delegacia de Meio Ambiente (Dema) segue as investigações para descobrir os possíveis responsáveis pelos focos de incêndio que deram início a grandes queimadas no Pantanal mato-grossense. Até o último levantamento foi comprovado que o incêndio já atingiu 2,3 milhões de hectares do bioma, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O número representa mais de 15% de toda a extensão do Pantanal. A área queimada corresponde a três vezes a região metropolitana de São Paulo .

A Polícia Civil apura a responsabilidade dos cinco incêndios periciados. Sesc Pantanal, na Reserva Particular do Patrimônio Natural Sesc Pantanal; Fazenda Espírito Santo (Pantanal); Rodovia Transpantaneira; Região do Moitão; e Fazenda São José.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *