Igreja Universal pode estar lavando dinheiro de Crivella, afirma Ministério Público

Os investigadores descobriram que, entre maio de 2018 e abril de 2019, a igreja movimentou de forma “atípica” R$ 5,9 bilhões. Achados foram feitos no inquérito sobre o “QG” das propinas na Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *