Motoristas de ônibus fazem paralisação relâmpago na manhã desta terça

A reclamação é por melhores condições de trabalho. Segundo motoristas, muitos carros estão com defeito e ainda recebem  punição por parte da empresa

Por John Macário

Motoristas da empresa de ônibus São José realizaram uma paralisação relâmpago na manhã desta terça-feira (21). O que pegou de surpresa a empresa e os usuários do transporte. O motivo da paralisação é a reivindicação que os profissionais fazem de melhorias de trabalho. Segundo com José Carlos da Fonseca, um dos diretores do Sindicato dos Rodoviários, os funcionários exigem melhores condições de trabalho.

A paralisação teve início às 4h30 da manhã, nos terminais de Ceilândia e terminou três horas depois voltando a circular normalmente. Durante o tempo parado, nenhum ônibus saiu do terminal.

De acordo com a empresa, a iniciativa de paralisação não respeitou a Lei de Greve, com aviso prévio de 72 horas, por se tratar de serviço essencial. Mais uma vez que paga o pato não são só os empresários, mas os próprios usuários que não tem outra escapatória.

Transporte em caos

O transporte do Distrito Federal está vivendo um verdadeiro caos, a quase 20 dias em greve, o Metrô-DF ainda não conseguiu entrar em acordo com o GDF. A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal informou na última sexta-feira (17) que calcula em R$ 2,4 milhões o prejuízo provocado pela greve dos metroviários. Em informe, 900 mil passageiros deixaram de usar o serviço durante os primeiros 11 dias de greve.

Ainda sem acordo, representantes da categoria e da companhia  não tem prazo para um nova audiência de conciliação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *