Brasília: posses de Ibaneis e Bolsonaro atraem visitantes de todo o país

Enquanto parte de Brasília amanheceu preguiçosa no primeiro dia do ano, com pouco movimento de carros, lojas fechadas e estacionamentos de quadras comerciais vazias, a área central da cidade despertou movimentada para a posse do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e do governador Ibaneis Rocha (MDB).

A cada quatro anos, a calmaria do feriado de 1º de janeiro dá lugar à agitação nos arredores da Esplanada dos Ministérios. Nem o céu nublado nem a previsão de chuva atrapalharam a circulação de visitantes pelos Setores Hoteleiros Norte e Sul.

Na área central de Brasília, entre a Torre de TV e a Rodoviária do Plano Piloto, famílias inteiras desciam a pé em direção à Esplanada dos Ministérios para a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) por volta das 10h30.

Vestidos com as cores verde e amarelo e enrolados na bandeira do Brasil, pedestres se aglomeravam em frente a um boneco inflável com a estrutura de Bolsonaro. Um segundo boneco foi levantado ao lado do primeiro, entre a Rodoviária do Plano Piloto e a Torre de TV. Os gritos eram de “o capitão chegou”, entoados em coro em alguns momentos.

Mesmo com restrições e avisos de não levar alimentos, alguns apoiadores de Bolsonaro caminhavam com sacolas plásticas carregadas de biscoitos, frutas e petiscos para passar o dia na Esplanada dos Ministérios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *